Clínica de Recuperação Restituindo Vidas

O que leva uma pessoa a usar crack?

O que leva uma pessoa a usar crack?

Certamente muitas vezes em clínicas de recuperação são feitas perguntas do tipo: o que leva uma pessoa a usar crack? Ninguém que está mentalmente são consegue entender como aquela pessoa que outrora era ativa na sociedade e contribuía agora está daquela maneira jogado na dependência de uma das piores drogas atualmente.

Porém, depois de muitos estudos os especialistas notaram que essa questão é mais complexa do que se pode imaginar, geralmente as pessoas que tendem a experimentar drogas pela primeira vez já possuem algum distúrbio ou transtorno mental, e isso acaba piorando bem mais com o uso de substâncias nocivas.

Por que uma pessoa usa crack? E o que uma clínica de recuperação é capaz de fazer?

Em relação ao uso do crack, a curiosidade é a grande responsável por levar uma quantidade relevante de usuários para clínicas de recuperação, isso porque essas pessoas decidem sentir os efeitos associados ao uso do crack, que nada mais é do que cocaína fumada.

Claramente os usuários de crack não ficam limitados apenas a essa droga, pelo contrário, fazem uso de diversos tipos de substâncias psicoativas, sendo que entre as mais comuns estão o tabaco e o álcool.

Essa constatação foi feita pelo próprio Ministério da Justiça aliado ao Ministério da Saúde, sendo que o objetivo principal dessa pesquisa era de identificar as muitas e principais características dessa parcela da população, que é considerada oculta e de difícil acesso.

Esse estudou apontou ainda que além da própria curiosidade existem alguns outros fatores que são determinantes para que o usuário inicie seu consumo, entre essas variáveis estão: pressão dos amigos dado esse que foi citado por 26% dos usuários e por fim perdas afetivas juntamente com problemas familiares citado por 29,2% dos dependentes.

Entenda como lidar com dependente do crack

Primeiramente é importante que a família saiba que sermões não resolvem nada, a pessoa está doente quimicamente, e precisa ser tratada, as palavras não fixam na mente das mesmas pois a dependência é dolorida para eles.

Caso seja necessário a família precisa então solicitar uma internação mesmo contra a vontade do paciente, quando uma pessoa se torna dependente do crack dificilmente toma decisões racionais e pode colocar a sua e a vida de outros em risco.

O tratamento do dependente do crack leva no mínimo seis meses, com internação em clínica de reabilitação, depois começa o processo de reinserção do dependente à sociedade, sendo que essa é a parte mais delicada pois é quase certo que o dependente terá recaídas e isso faz parte do processo.

Como escolher um centro de recuperação para o dependente de crack?

Para que o tratamento seja feito da forma correta e que a pessoa que está doente se recupere, certamente é preciso levar em conta alguns detalhes na escolha da clinica de reabilitação:

  • Sempre analise a infraestrutura do local;
  • Entenda qual é a especialidade desse estabelecimento;
  • Pesquise bastante sobre a duração dos tratamentos e da rotina do paciente;
  • Decida quem acompanhará o paciente (equipe médica e multidisciplinar);
  • Veja quais são os tipos de medicamentos que serão utilizados;

Esses detalhes farão toda a diferença na hora de escolher o melhor local para aquela pessoa que está na dependência dessa droga tão destrutiva!

Clínica Restituindo Vidas, conta com unidades em quase todos estados do Brasil, atendendo o púbico masculino e feminino. Se você precisa de ajuda não deixe de conhecer nossa metodologia de internação e tipos de tratamento.

Fechar Menu